Você se inscreveu com sucesso em 32ª RBA - Exposições
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a 32ª RBA - Exposições
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
Sucesso! Suas informações de cobrança são atualizadas.
Falha na atualização das informações de faturamento.

Evocação - WebDoc Filmes

Maracá - Emergência Indígena

Autoria: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil - APIB
Resumo: Trata-se de uma iniciativa da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, inserida no Plano Emergencial, construído pelos povos indígenas para enfrentar a pandemia do Covid-19. Com mais de 50% dos povos diretamente atingidos e mais de 27 mil indígenas contaminados pelo vírus, a série “Maracá – Emergência Indígena” pretende mobilizar nas redes apoio ao plano emergencial construído pelos povos indígenas para enfrentar este momento. Busca-se acompanhar e analisar o impacto do vírus sobre os povos indígenas, fornecer insumos e desenvolver estratégias de enfrentamento específicas e diferenciadas, e resguardar a memória e conhecimento ameaçado pela morte de nossos parentes.

Clique aqui para acessar esse filme

Nossos mortos têm voz

Direção, argumento e roteiro de Fernando Sousa e Gabriel Barbosa.
Sinopse: A narrativa do documentário é construída a partir do depoimento e do protagonismo das mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense. Tendo como ponto de partida esses casos, o documentário aborda as histórias atravessadas por essas perdas. Pretende-se resgatar a memória dessas vidas interrompidas trazendo uma visão crítica sobre a atuação do Estado através das polícias na Baixada Fluminense, sobretudo no que diz respeito à violência contra jovens negros. O documentário foi licenciado para o Canal Brasil, Prime Box Brasil e encontra-se disponível na plataforma kweli.tv

Clique aqui para acessar esse filme

É o que guardo dele

Direção: Hugo Menezes Neto.
Resumo: A Chacina de Belém é um emblema do movimento deliberado de extermínio da juventude da periferia e da atuação de grupos de milícias na capital paraense. O documentário registra as narrativas de quatro das dez famílias vítimas da tragédia. A partir da pergunta “o que você guarda dele?”, atentamos para as narrativas acerca da Chacina e para os processos de musealização particular ativados pelo evento crítico, encontramos, inadvertidamente, a conexão entre os acervos familiares (patrimônios afetivos) e a realidade social, além de histórias de vida que são, ao mesmo tempo, retratos do fracasso da experiência urbana e do estado de bem-estar social. Vídeo integrante da Mostra do Prêmio Pierre Verger 2018.

Clique aqui para acessar esse filme

Limpando a Área

Direção: Parry Scott
In Anthropológicas visual Col, Vol, 1, 2015.
Sinopse: O vídeo vem apresentar os diferentes discursos em torno das desapropriações realizadas no Loteamento São Francisco, município de Camaragibe – Região Metropolitana do Recife, para a construção do Ramal da Copa, considerada a principal via de acesso ao município de São Lourenço da Mata, onde está localizada a Arena Pernambuco. O vídeo articula os diferentes discursos dos agentes do Estado, de atores políticos e dos moradores do Loteamento São Francisco sobre os projetos de construção da Arena e das obras de mobilidade, as desapropriações e a luta pelo direito à moradia. Na fala de um dos agentes do Estado, o local é visto como “área não utilizada, com destino socioeconômico zero, não ocupada”. Para os moradores, o território se apresenta como base de relações de solidariedade e de afeto, fonte de vínculos familiares e sociais. O processo de desapropriação é o ponto central do vídeo, de onde se pode acompanhar o processo de preparação do Estado de Pernambuco para os megaeventos da Copa das Confederações e da Copa do Mundo de 2014. Os diversos relatos, imagens, entrevistas, reportagens utilizadas como fonte, foram coletados desde 2012 até o período da Copa, em 2014. Como ocorreram as desapropriações para as obras de mobilidade para a realização da obra do Ramal da Copa? Qual o legado dessa obra para a população? Essas são perguntas que se colocam a partir desse vídeo.

Clique aqui para acessar esse filme