Você se inscreveu com sucesso em 32ª RBA - Exposições
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a 32ª RBA - Exposições
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
Sucesso! Suas informações de cobrança são atualizadas.
Falha na atualização das informações de faturamento.

Sala 2 - Homenagem às mães de Acari

26 de julho de 1990: dia em que onze jovens, moradores da favela de Acari, zona norte do Rio de Janeiro, desaparecem após policiais invadirem o sítio em que estavam se divertindo na cidade de Magé. Foi também um ponto de partida: nesse momento, veríamos um conjunto de mulheres, mães e faveladas, se erguer contra a máquina de morte de corpos negros e favelados. Essas mulheres formariam as Mães de Acari, o primeiro movimento social formado por familiares de vítimas de violência de Estado no Brasil no período pós ditadura militar. Inauguraram toda uma mobilização pelo direito à vida nas favelas e periferias e inspiraram, como ainda continuam inspirando, muitos outros grupos, movimentos e coletivos de mães e familiares na luta por justiça.

Clique aqui para acessar a Homenagem às mães de Acari


Clique aqui para ir para a sala 3: Comissão de frente

Clique aqui para voltar à página principal