Você se inscreveu com sucesso em 32ª RBA - Exposições
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a 32ª RBA - Exposições
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
Sucesso! Suas informações de cobrança são atualizadas.
Falha na atualização das informações de faturamento.

Sala 3 - Comissão de frente

As faixas e banners abrem caminho pelas ruas, expressando com clareza a força coletiva dos corpos que se movimentam juntos. Palavras em preto e branco, em cores, combinadas a fotos e imagens, sintetizam o recado que se quer dar ao público em geral. Que a polícia que reprime na avenida, mata na favela. Que os autos de resistência tem que acabar. Que toda prisão é uma prisão política. Que os mortos não serão esquecidos.
Quem carrega essas faixas sabe muito bem do que fala porque vive na pele a violência das ações policiais brutais em seus territórios, bem como a desigualdade nas instâncias judiciais. Através destas imagens, captamos como as histórias individuais e familiares se transformam também em movimento coletivo, em reação organizada que visa construir uma vida mais justa para todos.

1. Palácio do Governo do Estado, Rio de Janeiro, 2004. Foto de Juliana Farias

2. Fortaleza, 2019. Arquivo do Movimento Mães do Curió

3. V Levante Mães de Manguinhos, RJ, 2019. Foto de Rafael Da Guerre

4. São Paulo, SP. Arquivo do movimento Mães de Maio

5. Ato em Acari, RJ, 2010. Foto de Alexandre Magalhães

6. Missa anual, Mães Mogianas, SP, 2019. Foto de Renan Omura_Ponte Jornalismo

7. Marcha da Maconha, São Paulo, 2019. Arquivo da AMPARAR - Associação de Amigos(as) e familiares de presos(as) (SP)

8. Ato “Pobres do campo e da cidade se unem por reforma agrária e contra a violência do Estado e das elites”, 2005, RJ. Foto de Juliana Farias

9. Arquivo da Rede de Familiares e Mães da Baixada, RJ

10. Cordão da Mentira, São Paulo, SP, 2012. Arquivo do movimento Mães de Maio

11. Lançamento da Campanha contra o Caveirão, RJ, 2006. Foto de Juliana Farias

12. Ato de 13 anos da Chacina do Borel, Morro do Borel, RJ, 2013. Foto de Adriana Vianna

13. Ato de 13 anos da Chacina do Borel, Morro do Borel, RJ, 2013. Foto de Adriana Vianna

14. Favela da Maré, RJ, 2014. Foto de Daniela Fichino

15. Arquivo da Rede Nacional de Mães e Familiares de Vítimas do Terrorismo do Estado


Clique aqui para ir para a sala 4: Feito à mão

Clique aqui para voltar à página principal